Av. Marechal Fiuza de Castro, 861, Butantã - São Paulo (11) 3735-0461
Notícias › 19/02/2020

Fátima: celebrações do centenário da morte de Santa Jacinta Marto

cq5dam-thumbnail-cropped-750-422-5

O Santuário de Fátima está preparando um programa celebrativo, para o centenário da morte de Santa Jacinta Marto. A pastorinha que em 13 de maio de 1917, junto com seu irmão mais velho Francisco e sua prima Lúcia dos Santos foram tocados pelas aparições do Anjo e da Mãe de Deus. Santa Jacinta faleceu em Lisboa em 20 de fevereiro de 1920, foi beatificada por São João Paulo II no ano 2000 e canonizada pelo Papa Francisco em 2017.

Programação do centenário da morte

A programação do seu centenário, segundo o site do santuário terá nesta quarta-feira, 19 de fevereiro, uma vigília de oração, com rosário, procissão e veneração dos túmulos, na Capelinha das Aparições e Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima.

Em 20 de fevereiro, Festa Litúrgica dos Santos Francisco e Jacinta Marto, será rezado o terço na Capelinha das Aparições, seguindo-se uma procissão com os ícones dos Santos Francisco e Jacinta até à Basílica da Santíssima Trindade, onde tem lugar a eucaristia. À tarde haverá oração de vésperas na Basílica de Nossa Senhora do Rosário.

Em Lisboa, o centenário da morte de Jacinta Marto será assinalado neste dia com uma conferência no Hospital D. Estefânia, onde faleceu a pequena pastorinha. Nesse mesmo lugar, será rezada uma missa, presidida pelo Cardeal Patriarca, D. Manuel Clemente.

Papa Francisco e Santa Jacinta

Na homilia da canonização de Jacinta e Francisco Marto, em Fátima dia 13 de maio de 2017 , o Papa Francisco disse que “os três pastorinhos ficavam dentro da Luz de Deus que irradiava de Nossa Senhora. Envolvia-os no manto de Luz que Deus Lhe dera. No crer e sentir de muitos peregrinos, se não mesmo de todos, Fátima é sobretudo este manto de Luz que nos cobre, aqui como em qualquer outro lugar da Terra quando nos refugiamos sob a proteção da Virgem Mãe para Lhe pedir, como ensina a Salve Rainha, ‘mostrai-nos Jesus’.

Via Vatican News